Bolsonejo: o apoio dos sertanejos ao presidente.

January 31, 2020

                      

 

Nesta semana diversos artistas sertanejos estiveram com o Presidente da República para elogiar o governo e prestar solidariedade por meio de uma carta. Além de duplas e cantores, estavam presentes o ex – Trapalhão Dedé Santana, um locutor de rodeios, e um representante da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (ABRAPE), que solicitou o fim da meia-entrada em espetáculos culturais, referindo-se ao direito estudantil como “injustiça histórica”. Dias depois, alguns deles se manifestaram, afirmando não estarem presentes. A lista foi corrigida.

 

Muitos não ficam surpresos com intérpretes desse gênero musical mostrarem simpatias a este governo. A carta lida no encontro dizia que Bolsonaro possui “postura de um governante que trabalha em prol de seu povo e seu país”. Um artigo publicado na Folha de São Paulo, chama atenção para o fato de artistas sertanejos, do pagode, e do axé, não terem se pronunciado quanto ao polêmico vídeo no qual o ex-secretário de Cultura Roberto Alvim plagiou frases de Goebbels, ministro da propaganda nazista e marqueteiro de Hitler. Enquanto nomes da MPB e atores renomados repudiaram o ato, a turma “festiva” teria ficado caladinha.

 

Nenhum famoso é obrigado a manifestar opiniões políticas, ainda mais quando cantam letras que não oferecem espaços para reflexões mais profundas. No entanto, o apoio ao presidente demonstrado na reunião com vários artistas sertanejos (alguns se referem a eles não como cantores, mas “profissionais do entretenimento”) segue uma linha. Muitos deles apoiaram o impeachment da presidente Dilma e votaram contra ela naquela deplorável eleição presidencial de 2014 (Eduardo Costa, Zezé de Camargo, Sérgio Reis...). O atual presidente transformou-se na maior referência antipetista momentos depois. E muitos sertanejos apoiaram ele nas eleições 2018 (Gustavo Lima, Zé Neto e Cristiano, Marrone, os já citados anteriormente...). O Sertanejo virou trilha sonora do público jovem conservador no país.

 

Vários desses artistas são oriundos da Região Centro-Oeste, palco do agronegócio, carro chefe das exportações, exemplo de setor produtivo, e roda motriz da economia. Muitos deles, aliás, são proprietários de fazendas de gado, plantação de orgânicos, grãos, melhoramento genético, espalhadas por Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas gerais... Obviamente que um governo com apoio de empresários desse ramo, não é de se estranhar que artistas envolvidos nesse mundo venham a nutrir simpatias por uma gestão que acena com benesses a esses produtores.

 

Mesmo com toda circulação de grana em festivais, turnês, eventos diversos – inclusive fora do país – publicidade de grandes marcas, e produção agrícola pujante, ainda fazem coro ao fim da meia-entrada – Lei 12.933/13, regulamentada para dar acesso a estudantes de todos os níveis, do básico ao pós-graduando. 40% dos ingressos devem ser destinados a esse público. Direito ou privilégio, o pedido de extinção da lei advém de artistas com grande público em idade escolar, que cantam nas praias, nos coletivos, nos shoppings, nas instituições de ensino e em qualquer lugar os sucessos desse ritmo. E ainda podem captar recursos via Lei Rouanet, de incentivo à cultura, melhorando e muito os rendimentos do ofício.

 

Como disse, ninguém é obrigado a comentar sobre pautas nacionais. Cada um sabe o poder de influência de suas posições políticas e assim preferir ficar calado. Porém, quando decidem apoiar causas ou demandas que podem prejudicar parte do seu público ou ideais que favorecem claramente seus negócios, restam a esses artistas ouvirem o que muitos tem a dizer. Ouvirem muito. E não é sertanejo.

 

 

FONTE:

 

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2020/01/30/bruno--marrone-e-mais-21-sertanejos-saem-de-lista-de-visita-a-bolsonaro.htm

 

 https://renovamidia.com.br/forca-bolsonaro-cantores-sertanejos/

 

https://gauchazh.clicrbs.com.br/politica/eleicoes/noticia/2018/10/quem-sao-os-famosos-que-apoiam-bolsonaro-ou-haddad-no-segundo-turno-cjn6d4dyx04no01rxk993qm26.html

 

https://www1.folha.uol.com.br/seminariosfolha/2018/03/nova-musica-sertaneja-pega-carona-na-alta-do-agronegocio-no-centro-oeste.shtml

 

https://noticias.bol.uol.com.br/fotos/entretenimento/2018/09/27/zeze-maiara-e-maraisa-paula-fernandes-e-mais-sertanejos-donos-de-fazendas.htm#fotoNav=4

 

https://exame.abril.com.br/brasil/bolsonaro-recebe-sertanejos-e-produtores-que-pedem-fim-da-meia-entrada/

 

https://www.saber.org.br/2019/02/15/conheca-a-nova-lei-da-meia-entrada/?gclid=Cj0KCQiAvc_xBRCYARIsAC5QT9l3tB2hS-nSP3raDQ3bC-EcKA3jh0kPbRzyay-ABrclX2itrydGu3gaAtJCEALw_wcB

 

Fonte da imagem: UOL

 

 

Compartilhar
Please reload

RECEBA AS NOVIDADES

        PARCEIROS

© 2019 por Soteroprosa | Design por Stephanie Nascimento. Implementação e suporte por Wix.com.