Censura ontem e hoje: Por que Marighella é tão atual?



Marighella é uma produção atemporal. O filme não só relata um momento crucial da ditadura militar, ressonando como a representação de um testemunho bioficcional, como também traduz, de forma simbólica, quem seriam os subversivos contemporâneos.


O protagonista do filme é um negro retinto, o ator e cantor Seu Jorge, a licença cinematografia aparece de forma oportuna, já que o verdadeiro Marighella não se pareceu fisicamente com o ator que o retrata. Vi algumas pessoas criticando a escolha do ator em relação ao verdadeiro Marighella, por isso faço esse adentro aqui. A escolha de Seu Jorge foi mais do que adequada, porque parece mais preocupada com a re-leitura da figura política, transformando o filme em uma obra de teor reflexivo, do que de fato se preocupado apenas com estética de aproximação entre um e outro.


Nos dias atuais, os mais perseguidos pela polícia é o povo preto, em especial, o homem negro. Seu Jorge, na pele de Marighella, acaba por aludir o espectador para esse fato contemporâneo. Marighella luta pelo fim da ditadura militar, ele que foi torturado e perseguida por uma polícia corrupta até seu último instante de vida. Esse fato da história de Marighella, me lembra, ainda que sutilmente o caso de Mariele Franco, assim como a última cena do filme. Qualquer semelhança não é mera coincidência, já que muitos políticos e milicianos são crias da ditadura, ao menos em sua ideologia.


Naquele momento histórico ele foi colocado em uma posição de terrorista, privado de ver seu filho e sua família, apontado como subversivo, de esquerda, tendo suas ideias mais valorizadas no exterior do que aqui no Brasil. Se pensarmos em um âmbito global, em comparação com a esfera nacional, sabemos que o ex-presidente Lula foi julgado culpado em um processo improbo pelo ex-juíz Sérgio Moro e agora político (talvez futuro candidato a presidência, mas isso só a história dirá). Lula ficou preso por mais de um ano e, nesse meio tempo, a oposição se elegeu tomando conta do país.