Sim, eu trabalho com música.


* Por Yago Pedroza


Recentemente, assisti o filme "The Dirt – Confissões do Mötley Crüe". O drama biográfico que nos conta a história de uma das bandas mais alopradas de todos os tempos. Caindo em uma estrada de excessos, o Motley Crüe teve sua ascensão, queda, recuperação das formas mais polêmicas possíveis. Claro que para muitos que estão a plugar seus instrumentos pela primeira vez, a possibilidade de sentir na pele o lema "sexo, drogas e rock 'n' roll" parece ser bastante glamorosa. Mas será que viver de música é realmente essa loucura que muitos pensam?


Então, vamos lá. Pra começar o nosso papo, tem uma coisa que você precisa sempre ter em mente! Assim como qualquer outro trabalho, ser musico é um emprego como qualquer outro, exigindo o máximo de profissionalismo e dedicação em suas funções. Digamos que a parte "divertida" é quando você sobe no palco para tocar. Até lá, você terá que investir em equipamentos, depositar seu tempo em estudo e aprimoramento, ensaiar, ouvir inúmeros "nãos", perder muitas noites, perder datas importantes com a família... Pode até parecer um pouco desanimador, mas, tirando a parte do ensaio, tem algo que eu falei que você não terá que fazer em qualquer outro trabalho "convencional"?


Não vou mentir... É muito bom quando chega a hora de subir no palco e todos olham pra você com um olhar de admiração e respeito (principalmente respeito). Como se trata de um trabalho onde você sempre estará em momentos de curtição, o convite para o "party hard" vai aparecer inúmeras vezes. Mas você terá que manter o pé no chão e pensar muito bem nos seus passos. Porque, ao contrário do que muitos pensam, subir no palco alcoolizado pode te render uma demissão somada à péssima fama de músico descomprometido.


Mas aí você me pergunta: "cadê a diversão que a gente sempre ouviu falar?". Bom... ta aí! Inclusive, eu escrevi cada palavra dessa coluna com um brilho no olhar. Por quê? Simplesmente, porque eu amo o que eu faço. A parte boa e a parte ruim. Eu sempre soube que seria difícil, mas também sempre soube que era o que eu mais queria fazer na vida. Trabalhar com sua criatividade... com algo que faz as pessoas terem alguns dos melhores momentos de suas vidas... realmente é algo incrível.


A carreira no entretenimento vai exigir muito, mas muito compromisso seu. E, em muitas ocasiões, mais escolhas do que profissões "convencionais". Mas, se for essa sua paixão, e se você tiver coragem de encarar, você sentirá a sensação de trabalhar no seu emprego dos sonhos. E essa realização... Bom... descubra você!


**Baixista e professor de música. Instagram: @yago.pedroza


Link da imagem: https://www.sesc-rs.com.br/noticias/oficina-de-guitarra-gaucha-tem-inscricoes-gratuitas-abertas-em-caxias-do-sul/

Tags:

31 visualizações0 comentário