Parece, mas não é! Letramento de gênero sobre elogios às mulheres





Utilizar o letramento de gênero está me ajudando a entender as sutilezas do machismo no comportamento social. E, por incrível que pareça, uma de suas armas mais poderosas é o elogio.


Quem acompanha meus textos, sabe que, mesmo sendo direta e "dilacerante", não perco minha postura didática e pedagógica na hora de falar sobre opressões sociais machistas que eu e muitas mulheres sentimos na pele. Com o conteúdo que trago agora, não será diferente. O foco não é bravejar, mas trazer o tema do falso elogio pontualmente, para que fique claro tanto para quem usa o mecanismo (com ou sem intenção), quanto para quem sofre com ele.


Vou elencar três elogios e justificar como eles são uma forma de alimentar a desigualdade de gênero pelas várias nuances sutis que escondem. Se você os utiliza, aproveite esse material para pensar sobre o assunto e reajustar sua estrutura de pensamento que, como acontece com todos nós, está amparada na dinâmica machista. Se você ouve o elogio, observe se ele contribui, mesmo que de maneira indireta, na diminuição da sua integridade mental, sua autoestima e sua validade pessoal. Vamos a eles:


1 - “Você toma ótimas decisões e, por isso, não interfiro”


Geralmente, o contexto desse elogio é aparecer após uma mulher cobrar atitude de um homem que ocupa o papel de companheiro, amigo, pai do filho, irmão ou qualquer outro lugar onde haja um acordo de cumplicidade e companheirismo na administração de uma ou mais atividades. Após a mulher reclamar da falta de iniciativa do outro, ela ouve a frase, e pode tomar como um elogio de que sua capacidade está sendo validada. Algo como, “como sou melhor que ele nisso, então ele prefere que eu faça”. Cuidado! Essa é a armadilha masculina para se isentar de responsabilidades. A incapacidade do outro não deve ser usada para desequilibrar a atuação dos lados que participam de um acordo comum. Que o homem se empenhe para tomar tantas boas decisões quanto a mulher!


2 - “A mãe sabe o que é melhor para o filho”


Exaltar a maternidade como uma prática relacionada ao gênero feminino é um dos mitos sociais mais utilizados para manter mulheres presas ao ambiente privado. Essa perspectiva colabora com o silenciamento das ambivalências da maternidade, marcadas por dores, tristezas e arrependimentos. A frase também afeta a saúde mental das mulheres ao comprometer na sua gênese a capacidade de satisfazer as necessidades de outro ser humano. Se elas falham nesse intento, podem pensar que são “incapazes de ser mães”. Por outro lado, esse elogio praticamente libera a paternidade do homem, deixando essa prática como um ato voluntário para aqueles que “querem ser pais”.


3 - “Você é mais tranquila que ela”


Substitua o “tranquila” por qualquer outro adjetivo. Escolhi ele porque é o que os homens mais gostam de utilizar quando comparam mulheres e pretendem exaltar um dos lados. Se ele pontua o elogio de “tranquilidade” para você, é porque a outra foi/é a “não-tranquila”. E por que será que a outra não foi tão tranquila como ele gostaria? Será que ela foi objetiva e clara? Será que ela contestou uma fala dele - sem pestanejar? Será que ela criou um limite para um comportamento dele? Infelizmente, homens enxergam mulheres sendo assertivas como um desequilíbrio de conduta, já que culturalmente sua expectativa é que elas sejam mansas, submissas e não reativas. Esse tipo de diálogo pode acontecer na comparação de colegas, amigas e, claro, namoradas - a velha tática da “ex-louca”. Por isso, fique atenta! Talvez esse homem te veja como tranquila até você pisar no calo dele.


Após esses exemplos, espero que fique mais claro a importância de observarmos qual a medida que está por trás de certos elogios feitos e recebidos por uma mulher. Ainda que você não esteja vinculado à dinâmica do elogio, é interessante observar quem o faz, quem o recebe, e o que acontece após a fala aparentemente “positiva”. Com um olhar atento e com letramento de gênero, mesmo as nuances mais sutis do machismo podem ser reveladas e expostas.


Link da imagem: https://br.freepik.com/fotos-premium/a-mulher-nao-consegue-entender-como-uma-pessoa-burra-deveria-ser-irritada-e-irritada-descontente-com-mulher-irritada-com-penteado-encaracolado-vestido-vermelho-segurando-os-dedos-nas-temporas-reclamando-das-pessoas-estupidas-ao-seu-redor_19346495.htm



35 visualizações0 comentário